Mau Cheiro Vaginal como acabar com este mal



Mau Cheiro Vaginal métodos para eliminar este mal.

Uma das situações mais desconfortáveis para as mulheres é ter mau cheiro vaginal, pois infelizmente esse é um problema que nem sempre pode ser resolvido somente com a intensificação dos cuidados de higiene com a região íntima. Muito mais do que motivo de constrangimento nos momentos íntimos a dois, o mau odor na região íntima, pode ser sinal de algo está errado com a sua saúde.

De uma forma geral o mau odor pode ser um sintoma de algum problema íntimo. Vamos explicar um pouco melhor essa relação entre mau odor e problemas de saúde assim como as melhores maneiras de tentar remediar a situação. Lembramos que nesses casos é sempre melhor procurar por ajuda de um especialista, com a saúde não se brinca.

Mau Cheiro Vaginal como acabar com este mal


De Onde Vem o Mau Cheiro?
Antes de qualquer coisa é bom saber que qualquer parte do corpo pode apresentar mau cheiro se nela houver o acúmulo de células mortas e alguns tipos de secreções. Por exemplo, algumas pessoas apresentam odor desagradável atrás das orelhas enquanto outras nas axilas. Tudo é uma questão do que se acumula nessa região do corpo.

Mau Odor é Sempre Sinal de Doença?
A resposta para essa pergunta é não, pois a vagina assim como as axilas, por exemplo, também sua e produz secreções com mau odor em situações normais. Depois de praticar esportes e suar muito você pode apresentar um odor um tanto desagradável em sua região íntima, mas isso não significa que você tem alguma doença.

Durante o período menstrual também é normal que a região íntima tenha um odor diferente do normal assim como após um parto. Nessas situações pontuais é normal a presença do mau odor e não é necessário ficar alarmada. A dica para resolver esses casos é fazer uma boa higiene íntima com água e um sabonete cujo pH seja ácido para eliminar as bactérias que estão atrapalhando.

Sabonete Líquido ou Em Barra?
Essa é uma das principais dúvidas femininas no que diz respeito a cuidados com a área íntima. Os ginecologistas recomendam o uso de sabonetes líquidos, se possível os específicos para a região íntima, pois eles tem pH ácido que ajuda a fazer o controle do mau odor. Os sabonetes em barra em geral são alcalinos o que contribui para o problema então é melhor evitar.

Vagina - O Ambiente
A região íntima feminina é bastante úmida de maneira que é um ambiente bastante favorável para o surgimento e proliferação de bactérias e fungos. Uma forma da mulher saber que está com problemas é observar o aparecimento de corrimentos. No caso de perceber que existe um corrimento persistente que possui mau odor é bom procurar pela ajuda de um ginecologista, pois pode se tratar de uma vaginose bacteriana.

Vaginose Bacteriana
Pode ficar tranquila, pois a viaginose bacteriana além de ser um problema normal também não é grave. Essa doença se caracteriza por um corrimento que nunca cessa e que fica na calcinha. Os momentos em que o odor dessa doença se intensifica é durante o ato sexual e a menstruação. Trata-se do resultado de um desequilíbrio da quantidade de bactérias na região afetada.

Como é o Tratamento?
A vaginose bacteriana tem seu tratamento com base em antibióticos, pois afinal é uma doença bacteriana.

Candidíase Vaginal
Muitas pessoas acreditam que a Candidíase é uma vaginite (doença vaginal) que se caracteriza por ser um DST (Doença Sexualmente Transmissível), no entanto, grande parte das mulheres que tem esse problema não tiveram o seu início devido a uma relação sexual.

A causa do desconforto é o fungo Candida albicans e embora haja um odor desagradável a característica mais marcante da doença é a coceira intensa na região íntima. Nas crises mais intensas de coceira é possível que sejam feitas fissuras bastante sérias nas mucosas da vagina.

Como é o Tratamento?
Existem medicamentos específicos de uso oral e tópico para a doença que devem ser receitados por um médico.

Tricomoníase Vaginal
Embora essa DST não seja tão comum pode ser o motivo da presença de mau odor vaginal. Dentre os outros sintomas que essa doença pode apresentar estão sensação de ardência para urinar, corrimentos e sensações de queimação na área íntima.

Como é o Tratamento?
Os médicos recomendam para esses casos o uso de antibióticos ou antiparasitários, tudo depende da situação específica da paciente.

Outros Motivos Para o Mau Cheiro Vaginal
Além de vaginites o mau odor pode ser causado por outros fatores que listamos abaixo:

- Lavar o Canal Vaginal
Por mais estranho que pareça o excesso de higiene com a área íntima pode ser o motivo dos seus problemas de maus odores. Quando o canal recebe uma ducha d’água além de ter o ambiente alterado pode ser danificado por lesões em escala micro que são bastante preocupantes. Não lave o canal vaginal, pois ele consegue fazer a sua autorregulação. Lave a vagina somente por fora.

- Uso do Sabonete Errado
Como dissemos acima o sabonete em barra é extremamente alcalino o que pode ser prejudicial para a região vaginal. Porém, existem outras características que podem tornar um sabonete ruim para a sua higiene como a realização de uma limpeza excessiva que remove até mesmo as bactérias boas para o organismo. Use um sabonete líquido íntimo, se perceber que uma marca provoca mau odor troque.

- Uso de Roupas Justas
Quando a mulher tem o hábito de usar peças muito justas no seu dia a dia acaba impedindo que a região respire e isso faz com que ocorra uma proliferação de fungos e bactérias que causam o mau odor. Se possível tente usar roupas que sejam mais largas e de algodão.

- Falta de Higiene
Podemos classificar esse tópico também como higiene inadequada, ou seja, lavar de maneira errada a sua vagina. No momento em que estiver tomando banho cuide para lavar bem cada dobrinha da região evitando que fiquem acumuladas células mortas e secreções que apenas irão aumentando o mau odor.

- Uso de Absorventes Diários
Se você usa esses absorventes porque acredita que eles ajudam a evitar problemas com os corrimentos saiba que em muitos casos eles são a causa dos mesmos, pois além de esquentar a região abafam criando um ambiente bem interessante para fungos e bactérias.

Agora que você conhece mais sobre as causas do mau odor vaginal já sabe como evita-lo!

Veja mais:
Como fazer a menstruação durar menos dias
Como aliviar cólicas menstrual
Como acabar com o corrimento vaginal
Como acabar com retenção de líquidos

Um comentário:

  1. Amei o conteúdo -> http://www.maesabetudo.com.br/como-ter-barriga-negativa/

    ResponderExcluir

Google+