Retenção de líquidos - Causas, como evitar e acabar com este mal



Como acabar com a retenção de liquidos

Como acabar com a retenção de líquidos

É muito comum que a gente sinta e desconfie que estamos perdendo/retendo líquido do corpo. Isso porque a retenção de líquido é um nome popular usado para descrever o inchaço corporal ou de partes do corpo, ações que facilmente sentimos ao longo do dia. Afinal, quem nunca sentiu ao final do dia as pernas inchadas, com sensação de peso?

As causas possíveis da retenção de líquidos são inúmeras, entre as mais comuns estão:
Variação de pressão sanguínea localizada, força da gravidade, sedentarismo, quantidade de sais no corpo, quantidade de proteína no sangue, problemas renais, problemas cardíacos, problemas hepáticos, doenças na tireóide, medicamentos, questões hormonais, má postura, uso de sapatos apertados ou de salto, ações climáticas, ganho e excesso de peso.


Por diversos fatores hormonais, as mulheres são as maiores vítimas da retenção de líquidos. Alguns dos motivos e formas de evitar são:

1. tensão pré menstrual
No período pré-menstrual, exatamente durante a TPM, acontece a elevação do nível de hormônio progesterona, grande causador da retenção de líquidos corpóreos. Os sintomas são sentidos principalmente na região dos seios, barriga e, alguns casos, nas pernas. O inchaço diminui a medida que ocorre o fluxo menstrual.

Uma forma de evitar esse incômodo é ingerindo vitamina E e ácido gamalinoleico, que podem ser encontrados em cápsulas de suplementos em farmácias e casas do ramo. Ou ainda podem ser encontrados em alimentos naturais, vitamina E: germe de trigo, nozes, sementes, óleos vegetais; ácido gamalinoleico: óleo de prímula (que também pode ser encontrado em cápsulas) e linhaças.

2. anticoncepcionais
Anticoncepcionais modernos geralmente tem baixa dosagem hormonal, proporcionando menor retenção de líquidos. É importante consultar seu ginecologista sobre a dosagem hormonal de sua pílula e em caso de alta dosagem, pergunte sobre a possibilidade de mudança. Há também pílulas que contém algumas substâncias diuréticas que evitam a retenção de líquidos.

Durante a gravidez a retenção de líquido pode aumentar, isso por conta da dosagem de hormônio e pelo rápido ganho de peso.  

Causas cotidianas da retenção de líquido e como evitá-las:

1. Ficar em pé por muito tempo seguido
A retenção de líquido tem muita relação com a gravidade. Ficar muitas horas parado em pé  faz com que os líquidos corporais que deveriam circular, através do sangue e da linfa, desçam para a extremidades das pernas e pés e não consigam subir. O resultado é o formigamento das pernas e pés, inchaço local, dor e sensação de peso. Existem formas de evitar essas situações, não ficar parado na mesma posição é uma delas, sentar e movimentar as pernas já garantem bons resultados. Se for muito necessário parar na mesma posição, utilizar meias de compressão pode auxiliar no bombeamento do sangue. Outra dica importante é fazer exercícios que fortaleçam a musculatura das pernas, isso também é fundamental para o bombeamento dos músculos.

2. Ficar sentada por muito tempo seguido
Essa é a maior causa mais comum que causa inchaço nas pernas. A falta de contração nos músculos da panturrilha faz com que o liquido não retorne da extremidade para o tronco. Levantar sempre que puder, pelo menos a cada meia hora e movimentar as pernas, manter a coluna ereta, beber bastante água, pelo menos 2 L por dia, são formas de evitar a retenção.
 
E aqui vão outras dicas de como evitar a retenção de líquidos:

1)     Evite salto alto – quanto mais alto o salto mais tensa fica a panturrilha e ela acaba não exercendo sua função de bombear o líquido do corpo.

2)     Corte alimentos ricos em sódio – evite comer alimentos fast food, enlatados, embutidos, conservas, pois o sódio faz com que o corpo retenha líquidos. Reduza o consumo de sal e temperos artificiais.

3)     Beba mais água – beber pelo menos 2 L de água por dia é fundamental, pois ela ajudar eliminar o sódio e outras toxinas que influenciam na retenção.

4)     Pratique exercícios – os exercícios auxiliam na eliminação do excesso de água através da transpiração e respiração. Além disso, exercitar os músculos das pernas auxiliam  no bombeamento do sangue para o tronco.

5)     Corte alguns alimentos – carboidratos simples, como pão branco, bolachas massas, batata, salgadinhos etc esses alimentos se transformam em glicose que para ser eliminada precisa se ligar a uma molécula de água, ou seja, quanto mais armazenada, mais pesada se sentirá.

6)     Coma verduras, frutas e legumes – eles auxiliam na eliminação da água

7)     Evite derivados do leite ricos em lactose – a lactose também retém liquídos no corpo.

8)     Faça drenagem – massagens corporais, quando bem feitas, auxiliam na eliminação das toxinas que retém líquidos, procure profissionais ou aprenda a fazer auto drenagem.

9)      Consuma chás – os chás são diuréticos naturais. Os que potencializam essa função são: – cavalinha, carqueja, chá verde carqueja, hibisco, cidreira, erva-doce, capim-limão, camomila, cabelo de milho, quebra-pedra, salsaparrilha porangaba, guabiroba, chá de bugre, dente-de-leão, hibisco, entre outros.
Incline a cama – coloque o equivalente a duas listas telefônicas nos pés da cama, isso

10)  vai reverter durante a noite a ação da gravidade durante o dia.



Não é tão difícil assim evitar a retenção de líquidos, não é mesmo?  Tomando algumas dessas atitudes, você vai sentir uma grande diferença no seu dia a dia. 

Veja mais dicas:


Se gostou do artigo clica no  + 1

Tags: retenção de líquidos, como acabar com a retenção de liquidos, inchaço no corpo, eliminar liquidos do corpo, remédio para retenção de liquidos, chá para retenção de liquidos, acabar com o inchaço no corpo.

Um comentário:

  1. Este é mal que todas nós sofremos e realmente temos que previnir!

    Beijos Monique
    Ótimas ofertas
    Acessem - www.descontosbeleza.com.br

    ResponderExcluir

Google+