Remédios naturais para perder peso rapido



Remédios naturais para perder peso rapido, como emagrecer mais rapido

Conheça alguns remédios naturais para perder peso


Quem está sempre lutando contra a balança sabe que não existem não milagres: é preciso fechar a boca e exercitar o corpo! Porém, existem alguns aliados nessa batalha pelo corpo perfeito que podem fazer a diferença na hora H. Entre eles estão os remédios naturais. São fitoterápicos que não possuem contra indicação e podem ajudar (e muito) o processo de emagrecimento. 

Listamos aqui alguns desses amigos da dieta:



 - Óleo de coco: auxilia na diminuição do colesterol ruim e tem ação anti-inflamatória, ajudando na queima de gordura;

- Pholia magra: além de auxiliar no emagrecimento ativando o metabolismo, atua mais diretamente na gordura localizada na região do abdômen;

- Chá verde: combinado com uma dieta saudável é um grande aliado na dieta, pois possui antioxidantes e cafeína, que ajuda na queima de gordura;

 - Farinha de feijão branco: possui a substância Faseolamina, muito rica em fibras, mantém a glicose baixa e ajuda na eliminação do carboidrato ingerido e o funcionamento do intestino, aumentando consideravelmente o bolo fecal;

 - Laranja amarga: contém a substância Citrus Aurantium, que acelera o metabolismo e queima gorduras;

- Garcinea Camboja: atua na diminuição da ansiedade, inibindo a fome e especialmente a vontade de comer doces.

 Apesar de não terem contra-indicação, é sempre importante consultar um médico endocrinologista ou um profissional da nutrição que poderá dosar as quantidades conforme as necessidades do seu corpo e as condições de sua saúde. Essas substâncias podem ser facilmente encontradas em casas de produtos naturais ou farmácias de manipulação.

Não possuem contra-indicação e muitas delas fazem bem à saúde. Mas é preciso ter em mente que sem uma dieta balanceada e a prática de exercícios físicos eles não fazem milagres! Por isso é que são auxiliares, meros coadjuvantes num processo que tem como atores principais a reeducação alimentar e a queimam de energia pelo gasto com exercícios aeróbicos e musculação.

Um comentário:

Google+