Dicas para aprendizagem




Dicas para aprendizagem
A aprendizagem vem evoluindo ao longo dos tempos e fica difícil para uma pessoa tornar-se atualizada, principalmente utilizando métodos convencionais de ensino.Com a internet o problema deixou de ser como conseguir a informação e sim como tornar esta informação em conhecimento.

A saída é aprender a utilizar os nossos recursos não conscientes, uma vez que já dispomos deles e esta mudança no aprendizado, ao contrário do que muitos pensam, teve início a mais ou menos 40 anos atrás no início da década de 60 quando o Dr.George Lozanov criou um método baseado na Teoria da Sugestão em sala de aula, era uma disciplina chamada Sugestologia (Estudo Científico da Sugestão) que foi inicialmente utilizada para fins militares e consequentemente a sua aplicação a aprendizagem foi denominada Sugestopedia.
Lozanov acreditava que o ser humano podia ativar atividades inconscientes através do poder da sugestão.


Os Estudantes de Hoje Sabem Aprender?

Na verdade se para muitos professores já é difícil ensinar consequentemente os estudantes também tem dificuldade em aprender e isso está virando a famosa "bola de neve" o que acarreta em uma situação muito complicada, as escolas que tem o privilégio de contar com computadores nas salas de aula ainda estão descobrindo como utilizá-los sendo que geralmente os professores acabam tirando dúvidas com os próprios alunos sobre como acessar um determinado site ou até mesmo como realizar um simples cadastro.


Partindo deste princípio os alunos sentem-se inseguros e as histórias contadas pelos pais sobre como era a escola no tempo deles não faz muito sentido, afinal a realidade que presenciam é outra.

Então, Como Ensinar?

A tecnologia pode acarretar em alguns problemas relacionados a como transmitir conhecimento aos jovens e crianças, mas existem alguns passos que facilitam este processo:

  1. Encoraje os aprendizes dizendo-lhes que se alguém fez determinada coisa é porque eles também podem fazer e se ninguém ainda não o fez eles podem ser os primeiros;
  2. Nunca diga vão estudar, diga "vão aprender", esta simples mudança de informação cria uma mudança no cérebro e causa a sensação de interesse em ensinar e não simplesmente alguém impondo alguma coisa;
  3. Ensine-os métodos de relaxamento para aprender, o cérebro em estado tranquilo retém muito mais informações;
  4. Existem verdades relacionadas a razão a fé e a imaginação, não esqueça disso antes de chamar alguém de ignorante;
  5. Explique que tudo pode acontecer se você acreditar que pode acontecer.Assim pensavam grandes nomes da história como Thomas Edison,Mahatma Gandhi e outros;
  6. Estudos comprovam que o lado direito do cérebro tem grande influência como facilitador no aprendizado, incentive a criatividade (imaginação),a ousadia (realizações), enfim ensine-os a sonhar e tentar, quanto mais melhor;
  7. Nunca minta aos seus aprendizes sobre os seus conhecimentos, "Uma mentira é uma verdade que esqueceu de acontecer", Mário Quintana;
  8. Ensine aos seus aprendizes que rebeldia não é sinônimo de destruição e sim de indignação com os maus tratos aos menos favorecidos, aos idosos, aos preços abusivos, etc;
  9. Todas as leis e regras já foram criadas, ensine que elas estão a disposição à humanidade o que tem de ser feito é aprender a utilizá-las;
  10. Ensine-os a amar no seu sentido mais pleno, amar o que estudam porque aprender nunca é demais, amar a profissão que vão escolher, caso ainda não a tenham, ensine maneiras de fazerem do aprendizado uma diversão mostrando a diferença dos que sabem com os ignorantes.
Estas são algumas das diversas formas de aprendizado, mas sem dúvida nenhuma a mais importante é "Amar o que Faz", seja Mestre ou Aprendiz.

E você ama o que faz?
Participe, deixe o seu comentário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Google+